Carregando

Aguarde por gentileza.
Isso pode levar alguns minutos...

Fique por dentro

Há mais de 10 anos superando expectativas...

Solicite sua proposta

Café dos Síndicos aborda uso correto da rede de esgoto

Administração de Condomínios

A edição de junho do Café dos Síndicos e Conselheiros, promovido pelo Secovi Londrina, na última semana de junho, contou com a presença de representantes da Sanepar. Eles fizeram palestra com o tema “Fontes Alternativas de Abastecimento – Riscos e Destinação Adequada de Resíduos nas Redes de Tratamento de Água e Esgoto”. Os funcionários da companhia Antônio Carlos Ajarilla, Sérgio Luiz Medeiros, Sandra Delfino e Júlio César Caldas Santi esclareceram dúvidas dos síndicos presentes sobre monitoramente da qualidade da água superficial e subterrânea, fiscalização, riscos e controle em relação ao fornecimento de água e ao tratamento de esgoto.

Esgoto

Um dos principais alertas do encontro foi em relação ao uso inadequado da rede de esgoto por parte da população. Eles lembraram que a gordura utilizada nas cozinhas não deve chegar às Estações de Tratamento de Esgoto (ETEs), porque pode causar o entupimento do sistema, com o risco de poluir os rios.

Gordura

Os representantes da Sanepar reforçaram que a Lei Municipal 0515/2008 obriga a instalação de caixas de gordura nos imóveis sejam residenciais ou comerciais. Essas caixas têm a função de barrar a descida da gordura para as ETEs, mas precisam de limpeza periódica. “Os resíduos das caixas de gordura devem ir para o aterro sanitário e não para a rede de esgoto”, disse Sandra Delfino, gestora de Educação Socioambiental da Sanepar. “Se você joga óleo na tubulação o maior problema vai vir para você. Porque começa na sua rede”, alertou.

Destinação

Uma parceria entre Sanepar e Cáritas Arquidiocese Londrina permite que os moradores deem correta destinação para o óleo utilizado nas cozinhas. Dentro do programa Óleo Solidário, a população leva o resíduo até as paróquias da cidade (em garrafas PET ou recipientes de vidro) e a Sanepar faz o recolhimento e encaminha para a área de transbordo, localizada em Cambé. Ali, o material é recolhido por uma empresa que vende o produto a recicladores de óleo e repassa recursos financeiros à Cáritas, para o desenvolvimento de projetos sociais. Para obter mais informações sobre os pontos de coleta, entrar em contato com a Cáritas pelo fone (43) 3338-7252.

Outros resíduos

Os representantes da Sanepar alertaram sobre os riscos do descarte inadequado de resíduos sólidos e objetos na rede de esgoto, como absorventes, papel higiênico, cotonetes, entre outros. Eles relataram já terem encontrado até aparelhos de barbear e peças íntimas, que foram jogados nos vasos sanitários e chegaram até a tubulação. Tais atitudes causam o entupimento da rede, trazendo sérios danos ao sistema.

Síndicos

O tema do Café dos Síndicos agradou aos participantes. “Achei ótimo, pois esclareceu muitas dúvidas sobre a qualidade da água, o sistema de esgoto. Agora, por exemplo, vou procurar me informar sobre a caixa de gordura do nosso prédio”, disse José Carlos Saris, síndico do Edifício Jatobá.

“O Café foi muito produtivo. Tem coisas que parecem simples, mas a gente não sabe. Esclareceu diversos pontos”, afirmou Maria de Fátima Gatti, síndica do Edifício Marissol.

Fonte: Secovi sp